Cafeteria e Lancheria

Para você que está viajando, oferecemos uma variedade de cafés e lanches rápidos.

 

A parada ideal para o cafezinho é aqui na Paradouro Barragem. 

 

Visite-nos e confira!
 
 
História do Café
 
O café é uma planta nativa da Etiópia, e o primeiro registro comprovado sobre ele é do século XV. O café teria sido "descoberto" por pastores de cabras que casualmente perceberam que seus animais ficavam mais espertos e resistentes quando comiam aquela pequena cereja (o fruto do café). Um desses pastores passou a colher essas cerejas e prepará-las para consumo próprio, esmagadas com manteiga. Os vizinhos árabes foram os primeiros a cultivar o café (daí o nome científico Coffea arabica) e a bebê-lo em vez de comer ou mascar como os etíopes faziam.

A bebida chegou à Europa trazida por navegantes e aventureiros holandeses, alemães e italianos. Motivou guerras no Oriente e perseguições e censura no Ocidente, chegando a ser considerado demoníaca e proibida pela Igreja - felizmente, o Papa Aurélio, apreciador de um bom café, o absolveu de qualquer culpa e o liberou entre os católicos. A partir do século XVII, o café tornou-se uma das bebidas mais consumidas no velho continente.

Do velho ao novo mundo foi um pulo. Holandeses e franceses o levaram para suas colônias americanas, aproveitando o clima apropriado ao cultivo. Assim o café começou a florescer no nosso continente. Foi por volta de 1727 que as primeiras sementes chegaram ao Brasil, e o café rapidamente tornou-se o mais importante produto brasileiro. Aí teve início um dos principais ciclos econômicos da nossa história: o Ciclo do Café, que enriqueceu muitos fazendeiros, trouxe capital ao nosso País e o tornou internacionalmente conhecido.



Desenvolvido por Zepol-TI